segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Sopa de Feijão Verde com Segurelha

DSCN5627


Vou confessar que estou de dieta há algum tempo e a maior parte das vezes o meu jantar é uma sopa e uma peça de fruta. Jantar sempre sopa requer alguma imaginação.

De modo a facilitar a vida cá em casa, faço sopa para 2 a 3 vezes (somos só 2 pessoas) e por vezes dois tipos de sopa. Durante a semana vou alternando. Para os alimentos não se estragarem, faço um arrefecimento rápido dos mesmos.

Para não acumular refeições no frigorifico, especialmente aquelas cuja a data de confecção já “voou” da massa cinzenta, recomendo que coloque pequenas etiquetas ou escreva com uma caneta de acetato a data em que confeccionar a refeição. Esta é uma sugestão para quem faz refeições para a semana toda. Há quem identifique os alimentos com os dias da semana, de modo a controlar melhor a ementa semanal.

Voltando à sopa de feijão-verde com segurelha, esta sopa não possui batata, foi substituída pelo chuchu e foi aromatizada com segurelha. Esta sopa é excelente para pessoas de hipertensão, cuja adição desta erva pode substituir o sal.

Para facilitar a preparação da sopa, pode optar por feijão-verde já cortado e pronto a usar. Para esta sopa basta meia embalagem. Eu preparei o meu próprio feijão-verde. Contudo já tenho comprado feijão-verde cortado e pronto a utilizar.

Confesso que a primeira vez que utilizei esta erva fiquei com receio de não gostar. Enganei-me (felizmente Smile). A minha cara metade (O Provador) adorou Open-mouthed smile




Ingredientes para 4 pessoas:
  • 1 Cebola grande
  • 1 Nabo grande
  • 2 Chuchus
  • 600g de Abóbora
  • Água q.b.
  • Sal q.b. (coloque muito pouco)
  • 250g a 300g Feijão-verde
  • 1 Raminho de segurelha
  • Azeite (por causa da dieta nem sempre coloco azeite nas sopas. Uma questão de hábito)
Descascar a cebola, o nabo, os chuchus e a abóbora. Lavar muito bem estes legumes.

À parte, colocar a água a aquecer (sugestão: aquecer a água numa chaleira eléctrica).

Cortar tudo em pedaços pequenos e colocar na panela com a água a ferver. Tempere com sal.

Tapar a panela. Deixe cozer os legumes em lume moderado.

Lavar o feijão-verde. Cortar o feijão-verde em lâminas finas na diagonal. Reservar o feijão-verde.

Lavar a segurelha.

Quando os legumes estiverem tenros, cozidos (ao espetar um garfo no legume e este se partir, o legume encontra-se cozido) deve apagar o lume.

Triturar os legumes com a varinha mágica até os desfazer completamente.

Adicionar o feijão-verde cortado e algumas folhinhas de segurelha.

Deixar ferver a sopa até o feijão-verde ficar tenro.

Regar com o azeite e servir.




NOTA: É mais rápido aquecer a água sem sal. Tempere a água com sal posteriormente.

Eu utilizo a chaleira electrica para aquecer a água para as minhas refeições, poupo tempo.

Depois de triturar os legumes com a varinha mágica, caso verifique que a sopa está demasiado espessa, pode adicionar um pouco mais de água a ferver, até adquirir a consistência pretendida.

É importante provar a sopa ao logo da sua confecção, de modo a rectificar os temperos.

Sem comentários:

Enviar um comentário