terça-feira, 18 de outubro de 2011

Tomatada


DSCN7276

Eu como uma boa algarvia e com ascendência alentejana (50%) adoro tomatada.

Confesso que nem todos gostam de tomatada, mas para os curiosos deixo aqui a minha receita. A tomatada da minha mãe é um pouco diferente, pois ela apura um pouco mais. Eu não frito muito a minha.

Esta receita é excelente para a época do tomate…humm!!! Smile

Deve acompanhar a tomatada com pão. Eu neste caso parti fatias de pão, coloquei a tomatada em cima do pão e deliciei-me.



Ingredientes (2 a 3 pessoas):
  • 1 Cebola média picada;
  • 3 Dentes de alho;
  • 2 Tomates grandes maduros;
  • 4 Tomates médios;
  • 2 Ovos
  • Azeite q.b.
  • Sal q.b.
Descasque, lave e pique a cebola e os alhos. Pique a cebola e os alhos
Lave e descaque os tomates. Corte-os em pedaços pequenos.
Num tacho com azeite refoque um pouco a cebola e os alhos.
Adicione o tomate.
Deixe cozinhar bem em lume brando.
Quando o tomate estiver bem cozinhado (alguns pedaços de tomates e algum molho) deve acrescentar os ovos. Coloque um ovo de cada vez e mexa bem.
Sirva morno ou quente.
Acompanhe a tomatada com pão.

Nota: Deve partir os ovos, um a um num recipiente à parte.


Tomate a ser confeccionado

Tomate quase no ponto para colocar os ovos
Tomate com os ovos misturados

Bom Apetite!!!  :)***

4 comentários:

  1. Talvez este seja o meu prato favorito e sim, eu sou 100% alentejano :)
    Mas é um prato que engana, dada a sua aparente simplicidade.

    Apesar da receita da "Produtora de Paparoca" ser bastante válida eu opto por uma abordagem mais "apurada".
    Consegue-se um prato mais cremoso e bastante mais saboroso.
    A desvantagem é que leva mais tempo a confeccionar e exige o dobro dos tomates!

    Assim, a principal alteração à receita será aumentar generosamente a quantidade de tomates para 8 (médios). Que sejam bem maduros. Quando posso, adquiro-os a um pequeno produtor, porque os das grandes superfícies são por norma insípidos.
    Não uso tomate enlatado que tende a tornar o prato terrivelmente ácido.

    Os tomates devem ser pelados e espremidos (desprovidos das graínhas).

    Pessoalmente opto por utilizar uma frigideira larga, que permite que o tomate apure lentamente em lume médio.

    A receita principal obedece ao que foi descrito acima exceptuando a quantidade de ovo que utilizo.

    Nas minhas primeiras tentativas esta foi a minha falha mais frequente: ovo a mais - o que apaga o aroma to tomate e basicamente, destrói o prato.

    Quanto a mim, a quantidade certa é ligeiramente inferior a 2 ovos. Assim, bato os dois ovos e deito em pequenas porções, mexendo sempre, até conseguir ter uma tomatada vermelha pontuada com fios de ovo e não esbranquiçada (ovo a mais!) - a partir desse momento não coloco mais ovo.

    Como exemplo deixo duas imagens
    Procuro obter isto (sem aquele aberrante tomate a cavalo..): http://www.teleculinaria.pt/getImage.aspx?i=~%2Fimages%2Freceitas%2F3rsbqqahjme0qj4535wiv255_1502436687.jpg
    E não isto: http://i6.photobucket.com/albums/y241/Nicadifubi/Tomatada5.jpg

    ResponderEliminar
  2. VP: Olá! Obrigada pela sua partilha. A minha mãe também utiliza mais tomates e menos ovos que eu. O provador adora ovo, dai colocar mais de um. Eu anteriormente batia o ovo e ia colocando pouco a pouco (aprendi assim como a minha mãe). Mas como uma vez esqueci-me de bater e coloquei tudo, o provador gostou e agora faço sempre assim.
    Sim, os tomates do supermercado não têm o mesmo sabor. Geralmente trago tomates da aldeia da minha mãe ou então compro biológicos.
    Os tomates têm de estar bem maduros.

    Bom resto de semana.
    Bjnhos :)***

    ResponderEliminar
  3. Já tentei fazer e saiu tão mal :( Mas vou tentar fazer de novo com as tuas dicas.

    ResponderEliminar
  4. Ana FVP: Olá Ana :) Olha depois quero saber o resultado final. Bom resto de semana. Bjnhos :)***

    ResponderEliminar