quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Arroz


Hoje decidi fazer um post só sobre o arroz.

No inicio do blog recebi alguns pedidos para explicar como se deve confeccionar os diferentes tipos de arroz.

O arroz é um dos cereais mais utilizado na alimentação humana.

Este cereal pode classificar-se quanto ao tipo comercial e quanto às classes comerciais.

Quanto aos diferentes tipos comerciais pode classificar-se:
  • Arroz longo (arroz cujos grãos são estreitos ou oblongos, com um comprimento médio de 5,8 mm);
  • Arroz médio (arroz cujos grãos medianos, com um comprimento médio de 5,7 a 5,3 mm);
  • Arroz curto (arroz cujos grãos são redondados ou arredondados, com um comprimento médio de 5,2 mm).
Referente às classes comerciais, estas são segundo a forma de apresentação e caracterização do arroz pronto para consumo (percentagem de humidade, grãos danificados, amarelos, trincas, impurezas e grau de branqueio). Estas subdividam-se em extra, especial e comum (2001, Almeida,Mª e outra - Princípios Básicos de Alimentação e Nutrição, Universidade Aberta, pág. 197).

Como conservar o arroz:
  • Deve armazenar o arroz em frascos. Se estiver na embalagem, pode absorver o cheiro de outros produtos que estejam próximos.
  • Deve identificar o frasco com a data de validade.
Estes são alguns dos meus frascos que acondicionam o arroz:

DSCN6796 DSCN6804  DSCN6816

                DSCN7428    DSCN7449


Preparação de arroz:


  • Coloque uma medida de arroz para duas medidas de água (a ferver). Por exemplo uma chávena de chá de arroz, para duas chávenas de chá de água a ferver. Tempere seguidamente com sal a seu gosto. Mexa. Quando voltar a ferver, tape bem o tacho e reduza o lume ao mínimo. Deixe o arroz cozer em lume muito brando sem destapar. Deve provar o arroz ao longo da sua confecção. Destape o tacho passados 15 minutos. A água deve ter sido toda absorvida e o arroz deve estar cozido, mas firme. Se tiver ficado alguma água, deixe ferver, destapado, mais 2 ou 3 minutos, ou até ficar seco. Mexa com um garfo para separar os grãos e sirva.


  • Ou então:
    • Deve calcular aproximadamente, 50g de arroz (cru) por pessoa, depois de cozido, o arroz triplica o seu peso, equivalendo 150g de arroz cozido.
    Deve ter em atenção, que deve cozer o arroz com água a ferver e nunca em água quente ou morna.

    Se por ventura for necessário adicionar água na cozedura, esta deve estar a ferver.

    Eu costumo aquecer a água num jarro/chaleira eléctrica, Caso não possua, deve aquecer a água até ferver, no fogão.


    Já vi acrescentar à água de cozedura do arroz, algumas gotas de limão, para o arroz ficar mais branco e saboroso. Há quem use em vez das gotas de limão, gotas de vinagre.


    No arroz existem diferentes tipos de variedade para os diferentes tipos de confecção. É importante conhecer os diferentes tipos de bagos de arroz, de modo a utilizá-los consoante o tipo de receita que se pretende executar.


    Diferentes tipos de variedade de arroz:
    • Arroz Carolino
    DSCN7431

    O arroz carolino possui um grão curto e é utilizado por exemplo no arroz doce, no arroz de marisco.
    Este arroz absorve os sabores e aromas dos outros alimentos. Os pratos ficam muito cremosos devido a libertação da goma (amido).

    • Arroz Agulha

    DSCN7433

    O arroz agulha possui um grão branco e polido. Este arroz é ideal para ser utilizado em receitas em que o arroz deve ficar seco, completamente solto.

    • Arroz Integral
    DSCN7437

    O arroz integral é um arroz descascado, em película ou em meio preparo que se destina ao consumidor final. O seu grão é médio, comprido e escuro.
    Este arroz nem sempre é ideal na preparação de doces (embora a cozinha macrobiotica utilize na confecção de doces). Diz-se que não é ideal devido à sua quantidade de fibras, a sua cozedura ser mais demorada (mais de 45 minutos). O arroz integral deve ser demolhado em água, uma hora antes da sua confecção.

    • Arroz Basmati
    DSCN7424

    O arroz basmati tem um grão comprido e fino. Este arroz é bastante aromático e muito saboroso.
    Na sua confecção, deve ter o cuidado quanto à quantidade de sal a adicionar à água com o arroz, de modo a não anular o aroma do arroz.

    • Arroz para Risottos (arroz arbóreo)
    DSCN7447

    Este tipo de arroz tem os grãos curtos, que depois de cozidos, adquirem uma consistência cremosa. Este tipo é muito utilizado na preparação de risottos.

    • Arroz Vaporizado
    DSCN7451

    O arroz vaporizado possui um grão de cor dourada, com um ligeiro sabor a cereal.
    Este arroz tem uma particularidade, depois de cozido não fica empapado.
    O arroz vaporizado é um arroz que possui pouco amido, isto porque na indústria sofre um processo de demolha, seguido de uma forte pressão a vapor.

    • Arroz Selvagem
    DSCN7441

    O arroz selvagem possui um grão longo, fino, de cor branca por dentro e de cor escura por for a. Este tipo de arroz leva o dobro do tempo a cozer em relação aos restantes arrozes.
    O arroz selvagem preto do Canadá, cresce na zona dos grandes lagos e os indios chamaram-se “Comida de Deus”.
    Eu costumo utilizar uma mistura de arroz selvagem da marca “Caçarola”.
    O arroz selvagem é ideal para saladas e acompanhamento de pratos exóticos.

    DSCN7443

    É um arroz de grão curto, que depois de confeccionado torna-se pegajoso.
    Esta é a variedade recomendada para o sushi. O arroz depois de confeccionado, os grãos ficam colados, ideais para a preparação de pratos japoneses.
    Confesso que adoro a cozinha japonesa, mas nunca tentei fazer em casa, daí não possuir este tipo de arroz em casa.


    Espero ter ajudado um pouco com o tema, ARROZ!!! Winking smile

    Para terminar este post, decidi colocar três vídeos.

    No primeiro vídeo é possível ver como o arroz é retratado na cozinha macrobiotica.



    No segundo vídeo é uma receita com arroz selvagem – Robalo com arroz selvagem.

     


    No último vídeo encontra-se uma receita de arroz de pato fingido:




    Hoje foi um post diferente e espero ter ajudado, especialmente aqueles que estão a dar os primeiros passos na cozinha.Winking smile

    :) ***

    8 comentários:

    1. Nem imaginas a minha dificuldade a fazer arroz!!!!! Este post foi de ótima ajuda! :D

      ResponderEliminar
    2. Informação muito pertinente. Gostei :)

      ResponderEliminar
    3. ANA FVP: Fico contente por ter ajudado. :)***

      Mafalda S.: Obrigada! :)***

      ResponderEliminar
    4. adoreiii todas as dicas eu adoro o arroz basmati e so use esse ca em casa
      bjbj
      Monica
      coisasdaminhacasa.blogspot.com
      ateliercoisasdaminhacasa.blogspot.com

      ResponderEliminar