terça-feira, 17 de janeiro de 2012

Folhado de Batata Doce


DSCN7934

A sugestão de hoje é um folhado de batata doce.

Tive um percalço com o meu folhado, esteve tempo a mais no forno!!! Mas ficou uma delícia.

Vamos lá à receita,

Ingredientes:

  • Massa Folhada;
  • 350g de Batata doce;
  • Casca de limão;
  • Açúcar a gosto (utilizei 4 colheres de sopa de açúcar amarelo);
  • Raspa da casca de um limão;
  • 1 Ovo.
  • Canela em pó a gosto.
Descasque, lave e corte as batatas doces em rodelas. Lave os limões
Num tacho com água a ferver coloque as batatas doces e a casca de limão. Ao fim de 3 a 4 minutos retire a casca de limão e termine a cozedura da batatas doces. Quando as batatas estiverem cozidas apague o lume. Escorra alguma água às batatas, tendo o cuidado de deixar alguma água junte às batatas doces.
Reduza as batatas a puré e adicione o açúcar , a raspa de um limão e a canela em pó. Leve novamente o tacho ao lume e mexa muito bem. Deixe levantar fervura.
Prove e rectifique os ingredientes ao seu gosto.
Após a preparação do recheio, reserve-o.
Ligue o forno a 200ºC.
Estenda a massa folhada na bancada. Pique a massa folhada com um garfo, tendo o cuidado de não a perfurar.
O recheio depois de arrefecido deve ser colocado na massa folhada. Corte a massa folhada em tiras e dobre as mesmas, de modo a cobrir a massa folhada (veja as fotos abaixo).
À parte bata o ovo e pincele a massa folhada.
Leve ao forno até a massa folhada abrir e ficar dourada.
Sirva morno ou frio.

Nota: Deixe arrefecer bem o recheio das batatas doce. Não coloque recheio quente na massa.


Sugestão: Adicione ao puré de batata doce 1 a 2 colheres de sobremesa de chocolate em pó. Ou nozes picadas.

Várias etapas na elaboração:
DSCN7918
Recheio de batata doce sobre a massa folhada
DSCN7920
Massa folhada a ser dobrada
DSCN7921

DSCN7922

DSCN7923

DSCN7925
Antes de ir ao forno

Bom apetite!!! Plate

segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

Sopa de Grão com Couve


DSCN8056

Tenho andado ausente, o trabalho tem sido muito e o tempo muito pouco. Na semana passada confesso que quase não cozinhei.Disappointed smile Passei a semana a almoçar e a jantar sandes com fruta. Só na terça é que jantei desentemente (fui jantar à casa dos pais dos provador).

Finalmante consegui um tempinho para partilhar esta sopinha!!! É uma simples sopa de grão, excelente para este dias frios.Storm cloud

Utilizei couve coração de boi, é uma das minhas couves favoritas, mas pode utilizar outra à sua escolha.

Muitas vezes quando se utiliza couve, esta pode ser previamente escaldada antes de se juntar ao puré ou então adiciona-se crua. Eu fiz de outra forma. Arranjei a couve e cozi-a à parte, num tacho com água e um pouco de sal. A couve depois de cozinha, a água é escorrida e adicionada ao puré. Aprendi este método com uma cozinheira. Nessa altura trabalhei como copeira num Lar de Idosos. Foi um de alguns trabalhos que me ajudaram a pagar as propinas (já lá vão uns aninhos).

Utilizo muitas vezes este método na sopa de legumes, fica com um sabor diferente e mais leve. Quando procedo desta forma, nunca reutilizo a água da cozedura, sei que perco alguns nutrientes, mas o teor de pesticidas a consumir é menor. Tento consumir o máximo de produtos biológicos, mas por vezes o orçamento não possibilita um consumo total deste tipo de produtos.

Bem, voltando à minha sopinha, Rolling on the floor laughing

Ingredientes(várias doses):

  • 1 Cebola grande;
  • 1Tomate "Chucha" pequeno;
  • 1 Frasco de Grão cozido (400g escorrido);
  • 5 Cenouras médias;
  • 3 Nabos pequenos;
  • 1/2 Couve de "coração de boi";
  • 1 Folha de louro pequeno;
  • Sal q.b.;
  • 1 Colher de sopa de Azeite;
  • Água q.b.
Descasque, lave e corte a cebola, as cenouras, os nabos e o tomate. Retire as sementes ao tomate.
Lave a folha de louro.
Lave muito bem a couve e corte-a em juliana. Abra o frasco de grãos e lave-os com água. 
Num tacho com água a ferver coloque a cebola, as cenouras, os nabos, o tomate, o grãos cozido (reserve 1/4 dos grãos para o final da sopa) e a folha de louro. Tempere a seu gosto com sal.
Noutro tacho com água a ferver temperada com sal deve cozer a couve. Depois de cozida a couve, deve escorrer a água e reserve-a.
Quando os legumes (cebola, cenouras, nabos, tomate, grãos) estiverem cozidos, retire a folha de louro e reduza-os a puré.
Adicione ao puré a couve e os restantes grãos. Leve ao lume brando durante 3 a 5 minutos. Apague o lume.
Sirva quente.


 Algumas etapas na elaboração da sopa:
DSCN8024
Tacho com os vários legumes
DSCN8028
Tacho com a couve "coração de boi"
DSCN8031
Couve cozida e escorrida
DSCN8030
A reduzir os vários legumes a puré
DSCN8050
Sopa de Grão com couve
 Bom apetite!!! Plate

terça-feira, 10 de janeiro de 2012

Peixe Gato no Forno


DSCN7999

Hoje deixo como sugestão uma receita simples feita com filetes. Não é obrigado(a) a utilizar este peixe, pode optar por filetes de peixe a seu gosto (ex.: pescada, tamboril, atum).

Gosto deste tipo de receitas, são simples e excelentes para quando se chega a casa do trabalho. Enquanto o peixe está a marinar, dá para colocar a máquina a lavar, estender roupa, passar a ferro, aspirar. Para quem tem filhotes pode ocupar um pouco do seu tempo com eles.

Esta receita foi retirada da Internet, infelizmente não posso revelar de onde, porque estava há algum tempo num caderno esquecido e sem referencia do seu autor(a).

Mas eis a receita:

Ingredientes:
  • Filetes de peixe (utilizei peixe ultracongelado);
  • 4 Dentes de alho;
  • 2 Folhas de louro ou uma folha cortada em pedaços;
  • Sal q.b.;
  • 1 Cebola;
  • Sumo de limão q.b.;
  • Leite q.b.;
  • 1 Lata de cogumelos laminados;
  • 1 Copo vinho branco;
  • 2 Colheres de sopa de polpa de tomate;
  • Salsa picada q.b.;
  • Óregãos q.b.;
  • Pimenta q.b. (moí na altura);
  • Margarina de culinária q.b. (utilizei uma noz grande). 
Descongele os filetes no frigorífico (retire o peixe da embalagem e coloque num recipiente com grelha/rede, de modo a impedir o contacto da água da descongelação com o peixe).
Descasque, lave e pique os dentes de alho. Lave a folha de louro.
Num recipiente prepare a marinada. Coloque os filetes de peixe no recipiente e tempere-os com os dentes de alho, as folhas de louro, o sal,   o sumo de limão e o leite. O recipiente deve ser colocado no frigorífico, durante 1 a 2 horas (os meus estiveram quase 2 horas).
Lave e pique muito bem a salsa.
Ligue o forno a 170ºC.
Prepare o molho com um copo de vinho branco, a polpa de tomate, salsa picada, óregãos e pimenta.
Abra e escorra a lata dos cogumelos.
Descasque, lave e corte em rodelas finas a cebola. Numa travessa própria para levar ao forno coloque as rodelas de cebola. Escorra os filetes da marinada e coloque-os por cima das cebolas.
Por cima do peixe coloque os cogumelos e o molho do vinho branco. Adicione uma noz de margarina por cima dos cogumelos.
Leve a travessa ao forno durante 35 a 40 minutos ou até o peixe estar cozinhado.
Sirva quente com um acompanhamento a seu gosto.


Algumas etapas na confecção:
DSCN7988
Peixe na marinada (dentes de alho, folhas de louro, sumo de limão e leite)
DSCN7989
Rodelas de cebola finas na travessa de levar ao forno
DSCN7991

Tabuleiro com a a cebola. E a chávena com o molho de vinho, polpa de tomate, salsa, óregãos e pimenta.  
DSCN7992
Tabuleiro antes de ir ao forno
DSCN7994
Tabuleiro após ir ao forno
DSCN8001
Peixe empratado com o acompanhamento


Sugestão: Acompanhe o peixe com arroz de legumes ou com puré de batata, ou então com legumes a seu gosto.

Nota: Descongele o peixe no frigorífico, 8 a 12 horas à sua confecção.

Bom apetite!!! Plate

segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

Folhados de Mostarda


DSCN7781

Mais uma vez apresento-vos folhados, desta vez fiz com mostarda Dijon.

Eu sei que estou sempre a fazer folhados, mas eu adoroooo!!!Rolling on the floor laughing

Aqui está a receitaWinking smile

Ingredientes:

  • Massa folhada refrigerada rectangular;
  • Mostarda Dijon.
Ligue o forno a 170ºC.
Estenda a massa folhada sobre uma bancada. Espalhe mostarda sobre a massa.
Corte a massa folhada em tiras. Torça as tiras 2 a 4 vezes e coloque num tabuleiro forrado com papel vegetal. 
Leve o tabuleiro ao forno. 
Retire do forno quando os folhados ficarem dourados e estaladiços.


Etapas na preparação dos folhados:
DSCN7766
Adição da mostarda à massa folhada
DSCN7768
       Massa folhada cortada com a mostarda      
DSCN7770
No tabuleiro os folhados já se encontram torcidos
DSCN7780
Folhadinhos prontos a comer :)

sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

Arroz de Polvo


DSCN7983

Eis o meu jantar!!! Estava uma maravilha.

Palavras para quê? As imagens falam por si.

O polvo utilizado era congelado. Infelizmente a sua cozedura demorou imenso tempo, isto porque não tenho panela de pressão. Tenho de juntar uns cobres no meu mealheiro para comprar uma.

A panela de pressão é excelente para cozinhar os alimentos rapidamente, os nutrientes destes são preservados, ao poupar-se tempo, poupa-se energia. Um utensílio simples e precioso. Para quem está como eu, ainda não tem uma panela de pressão, deixo uma ligação que explica como comprar uma panela de pressão.

E a receita é:
Ingredientes (3 Porções):

  • 1 Polvo médio ultracongelado;
  • Água para cozer o polvo;
  • Arroz (utilizei uma chávena média);
  • 2 Cebolas médias;
  • 3 Dentes de alho;
  • 2 Tomates médios maduros;
  • 2 Folhas de louro;
  • Azeite q.b.;
  • 1/4 Pimento verde;
  • 1/4 Pimento vermelho;
  • 1 Colher de sopa de polpa de tomate;
  • 3 Colheres de sopa de vinho branco;
  • Piri-piri moído q.b.;
  • Coentros picados q.b. (utilizei coentros congelados).
  • Sal q.b.
  • Água da cozedura do polvo (esta água é utilizada para cozer o arroz).

Descongele o polvo à temperatura de refrigeração.
Descasque, lave e corte uma cebola ao meio.
Para cozer o polvo deve colocar num tacho com água a ferver a cebola cortada ao meio, as folhas de louro, polvo e o sal. Deixe cozer bem o polvo. Reserve o polvo e a sua água da cozedura.
Descasque, lave e pique a cebola e os dentes de alho.
Lave, descasque e pique os tomates.
Lave e corte os pimentos em pedaços pequenos.
Num tacho à parte com azeite coloque a cebola e os alhos. Deixe cozinhar em lume brando durante 2 a 3 minutos, tendo o cuidado de mexer de vez enquanto. Acrescente o vinho branco, a polpa de tomate e os pimentos. Mexa e deixe cozinhar 3 a 4 minutos em lume brando.
Aqueça a água da cozedura do polvo. Adicione umas colheres de sopa da água da cozedura do polvo e deixe cozinhar durante mais ou menos 5 minutos. Tendo o cuidado de mexer.
Lave o arroz.
Adicione uma chávena e meia de água da cozedura do polvo. Tempere com o piri-piri.
Adicione o arroz e mexa. Deixe cozinhar em lume moderado durante 3 a 5 minutos, mexendo de vez enquanto. Acrescente mais uma chávena e meia de água da cozedura do polvo.
Prove e caso necessário rectifique os temperos.
Enquanto o arroz coze deve cortar o polvo em pedaços e reserve.
Quando o arroz estiver quase cozido adicione os coentros picados e o polvo. Mexa e deixe que o arroz acabe de cozinhar.
Sirva quente.

Nota: O polvo ultracongelado deve ser descongelado à temperatura de refrigeração. Deve descongelar o polvo na véspera da sua confecção.
O polvo cozido deve ficar macio. O meu polvo levou várias horas.
Para quem não tem uma panela de pressão, deve ter em atenção à água da cozedura do polvo. Isto porque a água vai-se evaporando, sendo por vezes necessário acrescentar água a ferver e acrescentar um pouco de sal. Prove sempre a água antes de acrescentar o sal.
O correcto é utilizar arroz carolino. Eu não tinha arroz carolino, utilizei arroz agulha.
Caso utilize coentros frescos, deve-os lavar muito bem antes de os picar.

Cozedura do polvo:

             DSCN7974   DSCN7975
DSCN7976

Bom apetite!!! Plate

quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

Salmão no Forno com Arroz de Pimentos


DSCN4883
Este é um prato muito apreciado cá em casa, é um dos favoritos.

Utilizei lombo de salmão ultracongelado, assim como a salsa. É preferível salsa fresca, mas na falta desta, recorro sem preconceito à salsa ultracongelada. Eu sei que o sabor e o aroma não são os mesmos, mas muitas vezes não tenho outro opção.

No arroz utilizei 3 tipos de pimentos (amarelo, vermelho e verde). Adoro pimentos vermelho e amarelo. Coloque sempre um pedaço pequeno de pimento verde, de modo a quebrar um pouco o doce dos pimentos vermelho e laranja. Para quem não gosta de pimento verde, simplesmente não o coloque.

Relativamente aos tomates, costumo comprar tomate em rama e coloque-os na fruteira o tempo necessário para os amadurecer.

Vamos lá à receita,

Ingredientes para o Salmão (3 Pessoas):
  • 3 Lombos de Salmão ultracongelado;
  • 1 Cebola média;
  • 2 Tomates médios maduros;
  • Salsa picada;
  • 1/2 copo pequeno de vinho branco;
  • 1/2 copo pequeno de água;
  • 1 Colher de sobremesa de azeite;
  • Sal q.b.

Aqueça o forno a 180ºC.
Descasque, lave e corte em rodelas finas a cebola e os tomates.
Numa travessa de ir ao forno coloque as rodelas de cebola. Regue a cebola com a colher de azeite.
Em cima da cebola, coloque as rodelas de tomate, o vinho branco, a água a salsa picada e sal.
Coloque a travessa no forno durante 15 minutos de modo a cozinhar os alimentos.
Retire os lombos de salmão de dentro do congelador.
Passados os 15 minutos, retire a travessa do forno e adicione os lombos de salmão.
Tempere o salmão com um pouco de sal e salsa picada.
Coloque a travessa novamente no forno até os lombos de salmão estarem confeccionados.
Sirva quente com o arroz.

Várias etapas na elaboração do salmão:
DSCN4854
Na travessa encontra-se a cebola às rodelas e  a colher de azeite
DSCN4858
Acrescentou-se o tomate às rodelas
DSCN4859
A cebola às rodelas, com o tomate às rodelas,  vinho  branco , a água e a salsa picada
DSCN4864
Antes do forno
DSCN4867
Após ir ao forno

Ingredientes (3 Pessoas):

  • Arroz agulha para 3 pessoas (utilizei uma chávena média);
  • 1 Cebola pequena;
  • 2 Dentes de alho;
  • Azeite q.b.;
  • 1/2 Pimento Vermelho;
  • 1 Pimento laranja pequeno;
  • 1/4 Pimento Verde;
  • 1 Tomate maduro;
  • Piri-piri moído (muito pouco);
  • Vinho branco q.b.;
  • Água a ferver para cozer o arroz (utilizei 2 chávenas médias de água a ferver)

  • Descasque, lave e pique a cebola e os dentes de alho.
    Lave, descasque e pique o tomate.
    Lave os pimentos e corte-os em pequenos cubos.
    Mexa o arroz e lave-o.
    Num tacho com azeite coloque a cebola e os dentes de alho picados. Deixe cozinhar até a cebola estar mole, translúcida.
    Adicione o tomate picado e deixe cozinhar em lume brando, tendo o cuidado de mexer de vez em quando. Acrescente os pimentos. Tempere com o piri-piri a seu gosto.
    Aqueça a água
    Adicione um pouco de vinho branco. Deixe evaporar o álcool do vinho.
    Coloque o arroz e mexa muito bem. Adicione uma chávena e mexa muito bem. Deixe cozinhar 1 a 2 minutos e acrescente a restante água.
    Deixe cozinhar o arroz e sirva quente.

    Nota: Deve utilizar água a ferver. Aqueça num recipiente à parte no fogão ou então aqueça num jarro/chaleira eléctrica. Caso verifique que a água é pouca, adicione um pouco mais, mas tendo o cuidado de não colocar em excesso. Utilize colheres de sopa para medir a água adicional.

    Sugestão: Empratar o arroz num molde, como a foto partilhada.

    Elaboração do arroz de pimentos:
    DSCN4861
    Tacho com azeite, cebola, alho, tomate picado e os vários tipos de pimentos 
    DSCN4863
    Acrescentou-se a polpa de tomate, vinho branco e o arroz

    Bom apetite!!! Plate

    quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

    Ameijoas à moda da minha mãe


    DSCN7951

    Apresento-vos as ameijoas à moda da minha mãe, aliás estas foram feitas pela minha mamã.

    É uma receita muito simples de se fazer.

    Nesta receita utilizou ameijoas congeladas. Os coentros foram igualmente congelados, por não ter frescos. É preferível  utilizar coentros frescos.

    Ingredientes (3 a 4 Pessoas):

  • 1 kg a 800g de Ameijoas;
  • 3 a 4 Dentes de alho;
  • Azeite q.b.;
  • Piri-piri (1malagueta pequena);
  • 2 Colheres de vinho branco;
  • Sal q.b.;
  • Sumo de um limão q.b;
  • 1 Limão para decoração.

  • Descasque, lave e pique os dentes de alho.
    Lave a malagueta. Abra-a e retire as sementes. Pique a malagueta finamente.
    Lave as ameijoas com água.
    Lave os limões e reserve.
    Num tacho coloque os dentes de alho picados, as ameijoas, os coentros, o piri-piri, o vinho branco e p azeite. Tape o tacho e leve-o a lume brando.
    Quando as ameijoas começarem a abrir, deve mexer muito bem as ameijoas.
    Adicione o sal e o sumo de limão. 
    Volte a tapar o tacho.
    Quando as ameijoas estiverem aberta sirva de imediato.
    Corte um limão em gomos e decore o prato.


    Etapas na elaboração das ameijoas:
    DSCN7945
    Ameijoas no tacho (antes da confecção)
    DSCN7946
    Ameijoas prontas a servir
    Bom apetite!!! Plate
    :)***

    terça-feira, 3 de janeiro de 2012

    Passagem de Ano :)


                 DSCN7962  DSCN7963

    Os meus últimos dias do 2011 foram um pouco murchos, isto porque uns dias antes do dia 31 fui levar a vacina (tosse convulsa, tétano e difteria). Quem me conhece bem sabe que sou uma flor de estufa, pois sofri vários efeitos secundários, dores no corpo, uma dor maior no braço, febre, diarreia, náuseas. O provador  dizia que levei o meu sistema imunitário a um ginásio, em que o exercício foi exaustivo. Só melhorei no 4º dia após a vacina, já só doía o braço. Felizmente esse dia foi o dia 30.

    A minha passagem de ano foi em casa dos pais do Provador, uma delícia. A minha sogra tem umas mãos de fada, desde dos doces a outro tipo de refeição. Partilho algumas fotos, umas verdadeiras delicias!!!

    Como foi a sua passagem de ano? Que delicias comeu?



    StarStarStarBOM 2012StarStar

    segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

    BOM ANO - 2012



    DSCN7957


    A Paparoca deseja um BOM ANO a todos os seus queridos leitores e seguidores.

    Desejo que o 2012 seja repleto de paparoca deliciosa, muita saúde e alegria, com muito positivismo, especialmente nos dias menos bons.




    StarStarStarBOM 2012StarStarStar
    Rolling on the floor laughing